O POWER BI É PARA VOCÊ

Ter visão 360º de sua empresa já é possível com
o Microsoft Power BI.

Janeiro 17, 2019

Aqui está a lista de atualizações para Embedded Analytics…

RECURSOS INCORPORADOS

  • Práticas recomendadas de carregamento de relatórios
  • Suporte de perguntas e respostas com segurança em nível de linha (RLS)

AUTOMAÇÃO E GESTÃO DO CICLO DE VIDA

  • API de configuração de cargas de trabalho de capacidade
  • Identidade baseada em tokens para usuários do AAD no SQL Azure (Visualização)
  • Nova página de registro de aplicativos do AAD para o Power BI
  • Controlar a atribuição do espaço de trabalho à capacidade com a API "Status"
  • Gerenciando a multilocação com o analytics do Power BI Embedded

 

Recursos incorporados

Práticas recomendadas de carregamento de relatórios

Procurando melhorar o tempo de renderização dos seus reports?

Quer garantir uma ótima experiência com analytics pra seus usuários finais?

Nós te ouvimos! O que é importante para seu usuário final é importante para nós. Recentemente fizemos um trabalho significante para melhorar o tempo de carregamento dos reports. Aqui estão algumas dicas úteis:

  • Instale a versão 2.6.5 ou acima do cliente SDK do Power BI. Continuamos lançando mais aprimoramentos, então certifique-se de  acompanhar periodicamente e atualizar a sua versão do SDK.
  • Evite gerar URL incorporado você mesmo. Ao invés disso procure obter o URL incorporado através de “Get reports”, “Get Dashboards” ou “Get titles”. Adicionamos um novo parâmetro a URL chamado config, usado para melhoramentos de performace.

Também é importante para construir reports para serem rápidos e confiáveis em qualquer plataforma.

 

Q&A suporte row-level security (RLS)

Q&A agora tem suporte para configurações de row-level security, então o usuário perguntando apenas receberá respostas ou sugestões restritas a sua visualização dos dados. Pode aproveitar está nova capacidade quando incorporar o Power BI em seu aplicativo ou portal web, mesmo se estiver usando o Q&A como parte do report, ou quando a incorporação Q&A diretamente em sua aplicação.

 

Automatizacão e gestão do ciclo de vida

API de workload de trabalho de capacidade.

Você pode usar o portal de administração do Power BI para autorizar esses workloads e configurar o máximo de memória consumida por workload. Agora oferecemos APIs e SDK REST do Power BI para gerenciar automaticamente as configurações de workloads nas capacidades do Power BI Embedded e Power BI Premium:

  • Get_Workload retorna ao estado atual do workload (e.g. Enabled) e o máximo de porcentagem de memória que o worload pode consumir da capacidade total da memória.
  • Get_Workloads retorna ao estado atual de uma capacidade especifica do workload. Para cada workflow ativado o API também retorna a porcentagem máxima de memória que o workload pode consumir.
  • Patch_Workload muda estados específicos do workload para ativar ou desativar. Quando ativado um workload, no máximo de porcentagem de memória que o workload pode consumir, deve ser definido também.

 

Identidade baseada em token para usuários do AAD no SQL Azure (Visualização)

Os clientes com dados no SQL Azure, agora podem gerenciar usuários e seu acesso a dados no Azure SQL quando integrarem-se ao Power BI Embedded.

Quando gerar o token de incorporação, pode especificar a identidade efetiva de um usuário no SQL Azure transmitindo o acesso do ADD ao servidor. O token de acesso será usado para extrair somente os dados relevantes para o usuário do Azure SQL, para essa sessão específica.

A identidade baseada em token pode ser usada para gerenciar a exibição de cada usuário no SQL Azure ou para entrar no SQL Azure como um cliente especifico em um banco de dados de multi localização. Ele também pode ser usado para aplicar segurança em um nível de linha nessa sessão do SQL Azure e recuperar apenas dados relevantes para essa sessão, removendo a necessidade de gerenciar a segurança no nível de linha no Power BI.

Para usar a identidade baseada em token, primeiramente precisa obter um token de acesso do ADD, e adicioná-lo a propriedade “identityBlob” ao gerar o token   de incorporação:

 

{
"accessLevel": "View",
"identities": [
{
"datasets": [ "fe0a1aeb-f6a4-4b27-a2d3-b5df3bb28bdc"],
         “identityBlob”: {
“value”: “eyJ0eXAiOiJKV1QiLCJh….”
}
}
]
}

Identidade baseada em token somente funciona para modelos DirectQuery em capacidade dedicada.

 

Nova página de registro de aplicativos do AAD para Power BI

Existe uma nova página para registrar os aplicativos do AAD no Power BI. O registro de aplicativos nesta página serve para chamar APIs REST do Power BI. A nova página ajudará você a passar pelo processo de registro de maneira mais rápida e suave, com todos os escopos de permissão atualizados necessários para executar operações automaticamente no Power BI.

A nova página é usada para registrar apenas novos aplicativos. Para visualizar e editar aplicativos existentes, vá para o portal do Azure.

Controlar a atribuição do espaço de trabalho à capacidade com a API "Status"

Alguns meses atrás foi introduzido o Power BI REST APIs para permitir a atribuição de tarefas de um workspace para uma capacidade, automatizando o processo de promover o workspace a ser consumido por todos usuários.

Agora estamos adicionando o status da atribuição do workspace, que permite verificar o estado atual da atribuição de um workspace a uma capacidade (por exemplo, CompletedSuccessfully).

Verificar a API de status pode ajudar em alguns cenários:

  • Múltiplos geográficos para conformidade - Ao atribuir um novo espaço de trabalho a uma capacidade em uma região diferente do seu inquilino residencial, a movimentação de todos os dados no espaço de trabalho pode levar algum tempo. Essa chamada de API pode ajudá-lo a verificar o status dessa operação.
  • Escala de capacidade “tempo de inatividade zero” - se você usar o script que publicamos no mês passado, verificar se o espaço de trabalho foi movido entre capacidades pode ser muito útil para garantir que os usuários tenham conteúdo disponível o tempo todo, durante o aumento de escala ou pausa .

 

Práticas recomendadas para multilocação com análises do Power BI Embedded

Muitos de nossos clientes criam aplicativos SaaS que gerenciam vários clientes (inquilinos). Ao integrar a análise do Power BI Embedded ao seu aplicativo SaaS, você deve escolher cuidadosamente o modelo de locação mais adequado às suas necessidades. Um modelo de locação determina como os dados de cada locatário são mapeados e gerenciados no Power BI e na conta de armazenamento. Sua escolha do modelo de locação afeta o design e o gerenciamento de aplicativos.

 

Nimrod Shalit
Program Manager

Fonte: https://powerbi.microsoft.com/pt-br/blog/power-bi-developer-community-december-update/

 

Quer aplicar o Power BI nos seus negócios e não sabe por onde comecar? Chame o Dr. BI!

http://drbi.com.br/ 

Tags:

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
Nome
Email
Últimos Posts
19 de Agosto de 2019

Templates Power BI

Conheça nossa loja de templates do Power BI para lhe ajudar em sua implementação e aprendizado.

https ...

13 de Agosto de 2019

Data Science with Python explained

An overview of using Python for data science including Numpy, Scipy, pandas, Scikit-Learn, XGBoost, TensorFlow ...

16 de Julho de 2019

Junho foi mais um mês emocionante para o Power BI! Continue lendo para obter um resumo dos anúncios que fizemos ...